05/01/2012

Home Ec: Micro economias...

Tinha no ano 2008 começado uma série sobre economia doméstica. E acho que o raio do tema não sai de moda.
Macro economia é para os comentadores das TV's.
Micro economia é para as lady's do dia a dia.

O enquadramento da coisa, para mim que preciso de esquematizar tudo para me facilitar a percepção da realidade resume-se a isto: o que é a poupança para ti?

Vejo duas opções:

a) poupar é uma forma de por de parte dinheiro ( para um objectivo maior, para uma emergência, para investir)
b) poupar é uma forma de comprar mais com o mesmo dinheiro; 
num caso extremo (graças ao marketing agressivo temo que nem se consiga compreender bem isto) é apenas uma maneira de pagar mais que a quantia determinada para uma aquisição para ter um preço unitário mais reduzido; ou mesmo de gastar tempo, combustível e outras despesas para alcançar uma "poupança" que é em si mesma anulada.

Tenho a minha opinião, para mim poupar é a opção a).
Para quem poupar é a opção b), ok vivemos em democracia, aceito.


A minha dica é para uma poupança para o ano, feita ao estilo "nem dou por ti" é uma bi-dica:
mealheiro no formato apartheid (branco + preto).

Estas duas ferramentas servem para em 2020 realizar um sonho; tive esta ideia em Outubro do ano passado e estou com grandes expectativas para este ano.

Vejamos em pormenor:

No mealheiro "branco", cujo nome advém de apenas receber moedas brancas,  devo poder colocar diariamente (pelo menos no dias de semana)uma moeda no final do dia.
Se num dia não puder, devo idealmente poder compensar no dia seguinte.
Este é o meu mealheiro feito em casa; desde que comprei o leite e recebi a caneca que não fui capaz de a deitar a caixa fora e imaginei "oh que giro que era usar esta caixa resistente como mealheiro".


Inicialmente pensei que a "boca" da boneca devia ser transparente para eu ficar contente em ver os euros acumularem.
Mudei de ideias pois ainda acredito na mística de rebentar com um mealheiro (que no meu caso será atenuada, já explico o porquê), então coloquei uma cartolina a tapar o dito buraco escrevi uma mensagem de piadola, e forrei com um plástico que também recuperei de um embrulho (penso que de um ramo de flores.)
A ranhura para as moedas... acho que se explica por si mesma.

Tenho do lado um post it colado onde ao estilo do prisioneiro que aponta os dias de pena 4 traços verticais cortados por um diagonal significarão 5€ acumulados.
Isto porque, uma vez que aponto as minhas despesas, 30/40€ em falta podem dar-me um ataque de nervos, e como já sabem tenho por objectivo domar os meus ataques de ansiedade.

Pensando bem... uma vez que poupei a compra de um mealheiro numa qualquer loja chinesa... devia só por isso colocar lá mais 2€!


O mealheiro preto é uma espécie de purgatório/incubadora de dinheiro e surgiu há alguns anos quando utilizadora como sou das maquinas de selos dos CTT acumulava quilos de moedas de 1, 2 e 5cts.



Resultado fui pondo de parte as ditas moedas e hoje em dia vai para ali tudo o que ande a viajar pelos meus bolsos de 10cts para baixo.
Sem que se dê por isso temos ali alguma coisa!
E como a ideia é de si adorável (a de ter dinheiro sem que se saiba o quanto, achei que a carteirinha de lata da Hello Kitty, também ela uma recuperação de presente recebido seria o purgatório mais fofinho de todos.


Termino apenas com um pensamento... se estas moedas sem se dar conta acumulam quantias interessantes será que sabem quanto desperdicío existe nas vossas vidas?

Be... pensativa!

4 comentários:

Isabel disse...

Pois, para mim poupar também é a opção A, sem dúvida...
Mas também é optar por produtos low cost que, na maior parte dos casos, não devem nada ou muito pouco em qualidade, aos de marcas conhecidas...
Agora mealheiros não é comigo, não tenho pachorra, se bem que alguém cá em casa também colecione moeditas "pretas" e por isso eu esteja sempre a dar-lhe nas orelhas...
Só o frete de contar aquilo tudo, ufa. Eu cá tento passá-las sempre que possível.

Be "poupadation", of course

Beijocas

Su disse...

Obrigada pelos contactos alternativos linda.
Gostei dos cofrinhos pois tenho muito o hábito de fazer cofrinhos para os meus vários objectivos.
Continuarei a seguir-te aqui.
beijocas querida

GlossinDreams disse...

Para mim sem dúvida é a opção A :D
Eu por acaso comprei mesmo um mealheiro de lata que não dá para mexer porque os que tive anteriormente tinha por vezes aquele bichinho de precisar de alguma moeda para algo específico e ia lá e descontrolava aquilo tudo. Agora com este só dá para entrar dinheirinho quando sobram umas moeditas no final do dia ou da semana:)
Quando tiver cheio terá um bom destino de certeza :)

ximiusa disse...

@ Isabel
Sim a questão do low cost tb sou a favor, mas se vamos acabar por comprar ainda mais tralha! (eu estou apavorada com tudo o que seja acumular mais), e pior se deixamos de comprar português e levamos mais empresas a falência.... ai já nem sei d nada!
kissy!

@Su
Estamos spe em contacto.
E mealheiro connosco!
kissy

@ GlossyinDream
Conheci uma amiga k "assaltava" o mealheiro dela também hihihihi.
Espero que realizes um sonho com o que fores acumulando na latinha!
Beijo!!!